Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

12
Fev15

Diana Krall entra diretamente para o 1.º lugar do top em Portugal

olhar para o mundo

 

diana krall.jpg

 


DIANA KRALL

"Wallflower" é n.º 1 em Portugal

"Wallflower", o novo disco de Diana Krall, teve, esta semana, entrada direta para o 1.º lugar da tabela de vendas em Portugal. 
Com participações de Michael Bublé e Bryan Adams, o álbum inclui recriações de algumas das mais populares canções de todos os tempos, clássicos como "Desperado", dos Eagles, "Sorry Seems to be the Hardest Word", de Elton John, ou "California Dreamin" dos The Mamas & The Papas. Paul McCartney, icónico músico dos The Beatles, compôs um tema novo para o disco, chamado "If I Take You Home Tonight".  

Diana Krall inicia no final do mês de fevereiro uma digressão pelos EUA e Canadá. A sua passagem pela Europa está prevista para os meses de setembro e outubro, não estando para já, nenhuma data marcada em Portugal.
 

 

29
Jan15

DIANA KRALL - Novo disco "Wallflower" chega às lojas na próxima segunda-feira

olhar para o mundo

diannakrall.jpg

 


DIANA KRALL

Novo disco "Wallflower" chega às lojas na próxima segunda-feira

Inclui participações de Bryan Adams e Michael Bublé e um inédito de Paul McCartney

"Wallflower", o novo disco de Diana Krall chega, finalmente, às lojas, no próximo dia 2 de de fevereiro. O disco estava previsto editar em outubro de 2014 mas, por razões de saúde da cantora, a Verve viu-se obrigada a adiá-lo. 

Em "Wallflower" ouvimos a cantora canadiana recriar algumas das mais populares canções de todos os tempos, uma coleção de clássicos como "Desperado", dos Eagles, "Sorry Seems to be the Hardest Word", de Elton John, ou "California Dreamin" dos The Mamas & The Papas. Paul McCartney, icónico músico dos The Beatles, compôs um tema novo para o disco, chamado "If I Take You Home Tonight".  
"Wallflower" inclui uma série de nomes sonantes: inclui participações de Michael Bublé e Bryan Adams, o qual assina também a fotografia de capa do disco; e é produzido por David Foster, o multi-galardoado compositor e produtor, atual patrão da Verve. 

Diana Krall é um nome que dispensa apresentações. Já venceu por cinco vezes os prestigiados prémios Grammy e é globalmente tida com uma das mais respeitadas cantoras e pianistas do jazz moderno. Diana Krall vendeu mais discos que qualquer artista feminina na sua área nos últimos 30 anos. 

A pré-venda de "Wallflower" está disponível no iTunes e na Fnac. 
 

 

18
Jun14

DIANA KRALL Novo álbum "Wallflower" chega em setembro

olhar para o mundo

Diana Krall


DIANA KRALL

Novo álbum "Wallflower" chega em setembro

O novo álbum de Diana Krall chama-se "Wallflower" e é editado pela Verve no início de setembro. O disco, que vê a canadiana recriar temas de artistas como Bob Dylan, The Beatles ou Elton John, é produzido por David Foster e a fotografia da capa é assinada pelo músico e amigo da cantora Bryan Adams.

Diana Krall é um nome que dispensa apresentações. Já venceu por cinco vezes os prestigiados prémios Grammy e edita agora, em 2014, um disco que junta canções de outros músicos, com foco nas décadas de 60, 70 e 80 que sempre a inspiraram. 

Globalmente tida com uma das mais respeitadas cantoras e pianistas do jazz moderno, Diana Krall vendeu mais discos que qualquer artista feminina neste ramo musical nos últimos 30 anos. A colaboração com David Foster (também ele vencedor de 16 Grammy Awards) no novo disco consistiu numa "boa mudança" devido às "soberbas orquestrações" do produtor, diz Krall.

"Wallflower" marca o regresso da cantora e pianista aos discos depois de "Glad Rag Doll", de 2012, que na semana de estreia atingiu o 6.º lugar na tabela Billboard 200 e o número um na categoria de álbuns de jazz.
 
"Desperado", dos Eagles, "Sorry Seems to be the Hardest Word", de Elton John, ou "California Dreamin", dos The Mamas & The Papas, são algumas das canções que Diana Krall recria no seu novo disco. Paul McCartney, icónico músico dos The Beatles, compôs um tema novo para o disco.

"As canções que Diana toca no álbum são aquelas que ela cresceu a ouvir em vinil. O que torna este disco especial é a forma como ela dá a volta a cada canção e põe a sua alma e coração em cada momento", diz o produtor David Foster.  

Para mais informação visite o site .

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub